Sobre nós

Os parceiros do projeto possuem as competências e os conhecimentos necessários para atingir plenamente os objetivos do projeto. O investigador responsável pela candidatura (RWTH) foi também parceiro do projeto externo “Keeping Cool: Embedding Resiliency in the Initial Teacher Education Curriculum” (2009-2012), focado na resiliência em professores na Austrália, tendo ainda uma vasta experiência em sistemas de auto-avaliação. Os parceiros de Malta e da Irlanda são dois dos principais especialistas europeus na área da resiliência em professores. O parceiro português tem realizado diversos estudos em áreas centrais da resiliência em professores, no contexto da satisfação no trabalho docente, stress e auto-estima. Dado que este projeto apresenta um forte enfoque na disseminação da informação e dos materiais desenvolvidos, através da sua página de internet, da aprendizagem online autodirigida e dos seminários via web, os conhecimentos do parceiro da República Checa são essenciais para o sucesso do projeto. O segundo parceiro da Alemanha é uma instituição de formação de professores, complementando a equipa do projeto com a sua vasta experiência no desenvolvimento de materiais de formação e na implementação da formação presencial. Os dois parceiros australianos contribuem com a mais-valia dos conhecimentos resultantes do projeto desenvolvido na Austrália. Estes parceiros, conjuntamente com o parceiro irlandês, irão providenciar escalas para o desenvolvimento do instrumento de auto-avaliação. Os parceiros australianos já iniciaram a implementação da resiliência nos currículos de formação inicial dos cursos de educação, nas suas universidades.

1. RWTH, Rheinisch-Westfälische Technische Hochschule Aachen

A RWTH Aachen University, fundada em 1970, está dividida em 9 faculdades e tem cerca de 40.000 mil estudantes, matriculados em 115 cursos (mais detalhes).

www.rwth-aachen.de

2. St. Patricks College, Dublin City University

O St. Patricks College, em Drumcondra, é uma das maiores faculdades de educação da Irlanda, com aproximadamente 2500 alunos a frequentar cursos de Educação e Humanidades, a nível da licenciatura e dos estudos pós-graduados. A faculdade está inserida, desde 1993, na Universidade de Dublin, e todos os seus cursos estão acreditados pela Universidade. (mais detalhes).

www.spd.dcu.ie

3. Euroface Consulting s.r.o.

O Euroface Consulting é um Centro de consultoria que fomenta a ligação entre os sectores educativos e de produção, bem como agrega um Centro de formação para a promoção e gestão do desenvolvimento de tecnologias de informação e comunicação, potenciando a igualdade de oportunidades (mais detalhes).

www.euro-face.cz

4. University of Malta

O Centre for Resilience and Social and Emotional Health da Universidade de Malta, procura desenvolver e promover a saúde social e emocional, bem como a resiliência em crianças e jovens (mais detalhes).

www.um.edu.mt

5. ZfsL, Zentrum für schulpraktische Lehrerausbildung Jülich

O Zentrum für schulpraktische Lehrerausbildung Jülich(ZfsL) é uma instituição pública de formação de professores, pertencente ao Ministério da Educação, localizada no estado federal da Renânia do Norte-Vestfália, na Alemanha (mais detalhes).

www.zfsl-juelich.nrw.de

6. ISPA, Instituto Superior de Psicologia Aplicada

O ISPA – Instituto Superior de Psicologia Aplicada, fundado em 1962, é a mais antiga escola de Psicologia em Portugal (mais detalhes).

www.ispa.pt

7. Curtin University

A Curtin University é a maior e mais multicultural universidade da Austrália Ocidental, tendo um forte compromisso com a terceira maior população internacional de estudantes da Austrália (mais detalhes).

www.curtin.edu.au

8. Murdoch University

A Murdoch University é reconhecida como uma das principais instituições de investigação da Austrália. O forte compromisso que estabelece com os seus estudantes permitiu alcançar uma classificação de 5 estrelas na satisfação, em 13 ocasiões (mais detalhes).

www.murdoch.edu.au